Gambas e Crianças

quinta-feira, 18 de novembro de 2010



Certa vez uma mãe de 4 crianças ao chegar do trabalho percebeu o silencio, preocupada foi procurar suas crianças... ao chegar no quintal nos fundos de sua casa... avistou cada uma de suas crianças com um gambá brincando.. e gritou:
Corram.....
Cada criança pegou seu gambá e correu...
Isso me fez pensar por quantas vezes... mas quantas vezes eu mesmo não tenho pego meus gambás e corrido.... sem saber o risco que corro.... outro dia ouvi acerca do poder de me distanciar de Deus..[pecar] é muito, muito mais poderoso do que uma bomba atômica... capaz de distruir a galáxia...[by AeFe] a questão é por quantas vezes ao ouvirmos sobre o risco de ficar longe de Deus que nossas vidas correm... e mesmo quando ouvimos o “corram ou fujam” de Deus.. não pegamos nossos pecados que nos impedem de conhecer melhor a Deus colocamos debaixo do braço e corremos.... pior ainda quando transformamos estes pecados em normalidade.. e deixamos que eles tenham seus espaços nas nossas vidas....
Mas até agora não disse nada que exemplifique esse pecar de estimação, mas quantas vezes não mantenho o ódio daquela pessoa que divide a sala comigo, amortecido em meu coração, mas vivo. Ou quantas vezes não falo nada... mas meu cérebro critica e questiona a conduta alheia... sem olhar pra minha própria vida... e como quando ao ouvir um conselho. Pensar no quanto ele é útil para amigos.... sem ouvir pra mim...
Parabolando..... largue seus gambás e e corram... você consegue... e Ele quer te ajudar.. e Ele pode tirar os gambás de seus braços...
Fica dica................
Assinado por mais um designer
Um idiotinha que não sabe quase nada
Um estudande que não quer ter preconceitos... mas como idiota que é... nem sempre consegue se despir de sua própria maldade incrustrada....

1 comentários:

Rafael disse... ►Responder Comentário

AOww fera viuuuu cada gambazinho q levamos é complicado mesmo de largar mas Por Ele sei q dele posso me libertar!

Postar um comentário

Críticas, dúvidas e sugestões aqui