Divino e seus porcos

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

(Autor: Rodrigo Maia)
Existia um curral na fazenda do Sr. Divino, onde ele cuidava de seus porquinhos com muito carinho. Os porquinhos gostavam tanto de seu dono que eles começaram a querer a andar sobre duas patas, mas era difícil porque a lama impedia e deixava seus corpinhos pesados.

Sr. Divino dava ordens para os porquinhos e eles obedeciam, mas uma ordem era muito mais difícil para os porquinhos, era a seguinte:

Sr.Divino: "Quem quiser brincar comigo no pátio da minha casa tem que estar limpinho, não pode estar sujo de lama!"

Os porquinhos até que queriam estar mais com seu dono, afinal eles pagavam muito pau para ele e ainda queriam ser como ele.

O dono dos porquinhos viu que eles davam muita preferência para lama, o que entristecia o dono, mas ele sempre estava esperançoso que um porquinho iria aparecer na frente dele querendo brincar.

Muito tempo depois, mas muito tempo mesmo, os porquinhos multiplicaram-se e muitos ainda queriam ser como o dono, mas não conseguiam se livrar da lama, afinal era a natureza deles quererem a lama.

Até que um dia uma coisa muito bizarra aconteceu, Sr. Divino chegou em casa e viu algo estranho no pátio, muitas pegadas de lama. Irritado, começou a seguir as pegadas e viu os porcos com algumas roupas na boca, coisas no chão e o mais estranho, ou engraçado, era que eles estavam se apoiando na parede pra tentar andar como seu dono.

Sr. Divino muito irritado chegou gritando e expulsando a vara de sua casa: " Sai pra lá! Bando de impetulantes! Desobedientes! Eu disse que só poderiam entrar aqui se estivessem limpos!"
Os porquinhos na hora do susto não conseguiram compreender bem, afinal era a natureza deles estarem sujo de lama, faz parte. rs

O dono decidiu punir os porquinhos que estavam lá, como tinha bastante, ele decidiu que era a hora de matar os porcos pra vender a carne deles. 

Mas ele os amava muito, daí ele teve uma idéia: "Poxa vida, eu vi que os porquinhos estão tentando ser como eu, mas não querem brincar comigo como eu pedi. Preciso mostrar pra eles que eu amo eles por serem porcos, preciso de algum modelo para eles."

Sr. Divino refletiu um pouco e pensou: " Já sei!"

=)

Rapidinhas | 0004

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Queria compartilhar a filosofia  de hoje com o Julio, Tábitah, Gui e Higor:
Promova a Deus e não a si mesmo com sua santidade.
Mano, é difícil pra caramba ser humilde sem querer se promover.
Dizer que sou imperfeito pra me sentir perfeito.

Essa discussão é pano pra manga. Haha

Rapidinhas | 0003

"O Que tem que ser feito, deve ser bem feito"
"Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus." I Coríntios 10.31


Rapidinhas | 0002

"Que tal olhar ao seu redor...
...agora feche os olhos...
...respire fundo...
...agora abra os olhos...
você está vivo!!!"

"Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome." Salmo 100.4

E o tempo levou


"E O TEMPO LEVOU..."

"Remindo o tempo; porquanto os dias são maus..." Efésios 5.16

Por Que as pessoas gostam tanto de complicar as coisas? A começar por mim.
"Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez o homem reto, porém eles buscaram muitas astúcias."
Ontem eu estava refletindo sobre tudo isso, e cheguei a seguinte conclusão: "Nós perdemos muito tempo, e com esse tempo muitas outras coisas."

Nesse fim de semana, como num despertar de conciência, Deus começou a me mostrar as coisas com um novo olhar. Hoje pensando a respeito lembrei de algumas passagens bíblicas. "Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo;" I Pedro 1.13.

Além da pergunta pricipal me vieram mais 3 perguntas que me levaram a uma resposta...
1 - Porque escolhi esse curso? (Sou estudante de Desenho Industrial)
2 - Como posso servir a Deus e ao Próximo com a vocação que Deus me deu?
3 - Como posso levar o Evangelho e contribuir para melhorar o mundo onde eu vivo?

Passei a acreditar que essas três questões quando aplicadas em todas as áreas da vida, não só acadêmica como aconteceu comigo, mas também em relação a vida como um todo nos faz evitar questões como essa: "Por Que as pessoas gostam tanto de complicar as coisas?"

Se cada vez que tomar-mos decisões, sejam quais forem, desde as mais complexas como: "Qual carreira eu quero seguir";
E mais simples como: "em qual padaria eu vou comprar pão amanhã".

Evitaríamos muitas dores de cabeça e perdas, principalmente a perda do tempo. Por que não dizer que o tempo é o que mais temos de valioso? Quantas vezes não nos pegamos questionando: "Ah, se eu tivesse mais tempo"

Se dependessemos disso, acho que o dia teria 48h, pra dar tempo de fazermos tudo o que queremos.

MAS!
Aí que está! O que temos feito com as 24h que Deus nos dá de presente todos os dias???
Temos sido sóbrios? Vivido plenamente? Aproveitando cada segundo?
O Que o tempo tem levado de nós?
A reposta para todas as Questões é Jesus, e o propósito de vida que Ele nos oferece....
"Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez o homem reto, porém eles buscaram muitas astúcias."...

Rapidinhas | 0001

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

E aí galerinha!

Certo dia estava conversando com um bródi aí, sobre coisas de macho e coisas que ansiávamos. (rsrs)
Aí o momento de deprê bateu.

. . . 

Nhá! A esperança é a última que morre!

(haha)

Mas logo concluímos: 

Não! A esperança só é esperança porque não morre.

Alpibraços! :P

Quando a criação é igual a programação

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Rodrigo Maia


Cá estou às 1:43 da manhã (rsrs), me lembrando de algo que aconteceu comigo e resolvi compartilhar com vcs e registrar aqui.

Aconteceu em 2006, mais ou menos no segundo semestre. Eu fazia faculdade de Ciência da Computação e lá estava eu e meus colegas na aula de Introdução de Programação e Algorítimos [acho que era esse nome mesmo, é um troço complicado. Haha], estávamos programando uma espécie de calculadora de báskara [o.O], foi a coisa mais difícil que já fiz, nem lembro de muita coisa dessa matéria, enfim, quando terminei de programar fui executar essa calculadora de báskara, mas o programinha de fazer programa [nhááá, deu pra entender? Rsrs..=P]acusou um erro de programação e o programa dos meus colegas também deu erro, então lá vai gente procurar em qual linha estava o erro... Vixi, se fosse simples...

Primeiro que a gente encontrava o erro e o programa mostrava outro erro por causa de ter arrumado aquilo outro e precisava de mais um comando ou uma variável específica. [para os cientistas da computação...rsrs]
Eu e meus colegas estressamos nessa hora! [Vc deve estar se perguntando pq não pedimos ajuda para o professor né? Bom, é pq era tipo um trabalho, ou prova final, não podíamos pedir ajuda pro professor.] Daí eu pensei: “ Bem que podia ter um programa que soubesse o que estava errado e se corrigia entendendo o que eu queria que ele fizesse...” [Que beleza isso hein?, para quem programa pelo menos...hehe]
Continuando: “Será que existe? Hmmm... Só Deus sabe. Deus? Pera aí... Deus?

A gente vê as crianças, jovens, adultos e velhos sendo roubados, mortos, injustiçados e as vezes pensamos: ‘-Onde está Deus? Ele não é justo?’
Pq Deus não destrói as pessoas malvadas como ladrão, homicida, traidores, tudo de ruim, toda essa tralha?”
A partir daí comecei minha analogia: Criação sendo igual a Programação!

Assim como seria perfeito um programa que descobrisse seu ou seus problemas e consertasse, Deus nos criou perfeito aos seus olhos com capacidade para escolhermos e saber se estamos errados ou não [Claro, com o help do Espírito Santo ;D] e corrigirmos algo falho em nós. E é por isso que Deus não destrói o mais malvado da Terra, Ele prefere o nosso redimir ao invés de nos “deletar” e perder algo tão precioso, Ele sabe que somos capazes, é como um programa com livre agência que pudesse ver a linha que continha o erro e corrigisse de acordo com o meu [imagine Deus falando..hehe] padrão de beleza, padrão correto, funcional, útil para aquilo que designei.

Então galera, depois eu descobri o erro da minha “calculadora de báskara”, corrigi e funcionou, mas não faço mais faculdade de Ciência da Comutação, fui pra Desenho Industrial ! =D
Espero que o texto tenha sido útil e bom pra vc, por mais simples que seja a analogia.
Fique com Deus, pq assim mesmo Ele te ama como vc é, Ele ama e Ele sabe que vc é capaz de lutar contra os “erros”!
Recomendo essa música pra vc ouvir, tem algo em comum com o texto!
"Me amas como sou"