Sobre esperar e esperança

quinta-feira, 28 de abril de 2011



Você acredita que Deus tenha um plano pras pessoas? Um modo para se viver... Um modo que seja melhor que o usual?

Sim? Não?

Porque o que eu vejo, hoje em dia, é que algumas pessoas enxergam o fato delas terem fé, apenas como uma confiança de que dias melhores virão.

A fé, assim, é como se você adquirisse um bilhete de trem e ficasse esperando o dia em que poderia usá-lo e ir para um lugar melhor, aquele lugar preparado pra você.

A fé não muda seu modo de viver, em nada.

Então, a vida se torna simplesmente uma sala de espera.

O grande problema é que Jesus faz duras críticas a esse pensamento (Mateus 25 e Lucas 17:21). Ele afirma que o “Reino dos Céus” já começou e mais,

Que esse Reino está entre nós. Está em nós.

Esses dias, um pastor disse que eu era uma pessoa “enceuzada”, ou seja, com o Céu dentro de mim.

Dessa forma, ter fé implica em mudar minhas atitudes, porque o céu já começou. Se ele está em mim, eu preciso espalhá-lo de alguma forma.

Há duas formas de encarar a fé:

A fé da espera, que é simplesmente a garantia de que algo ruim não irá acontecer comigo um dia.

E a fé da esperança. Uma fé ativa, que se traduz em atitudes. Que reconcilia o homem com o plano original de Deus. Que faz com que o Céu aconteça aqui, agora.

Tudo isso me fez lembrar de uma canção do meu amigo John:




E você, vai continuar só esperando?


Foto: @cesinha



Não é outra história de cachorro!

terça-feira, 26 de abril de 2011


Hoje eu vi um filme de Alpiqueiro, não que seja feito por um (rs), mas com muita aplicação, risos e uma vontade de chorar também. Porque é narrada por um cara contando sobre sua vida de uma forma natural, pura e simples. Nossa e que história! Emocionante! Sou suspeito pra falar isso, mas tudo bem...

Bom, o filme como já disse é contado por ele mesmo no início de seu casamento e o foco é aquele pequeno Labrador, com uma cara tão linda e dócil! Mas mal sabem eles que por de trás daquele cãozinho há um destruidor de tudo. Sério! O cão come tudo que vê pela frente. Meu, que cão louco!

Mas não vim focar nele, mas sim no amor dele: o destruidor de móveis “Marley” (é acho que é esse o nome dele, mas interpretem como quiser!)

Então, voltando ao amor dele, é impressionante que apesar de tudo que acontecia e dos problemas naturais que um casal teria que passar esse cão estava sempre do lado deles não querendo saber se é grande ou pequeno o problema. Mas sempre estava lá, até tentaram tirar ele da casa, mas ele era tão cativante que era impossível abandonar, já estando na família e na vida desse casal.

E no final de um lindo e animado filme, com uma triste e real história, veio seu fim: o cão partiu de um modo calmo e pacato. Confesso que algumas lágrimas caíram (rs), porém emocionado fui pego por uma frase dita pelo seu dono: “Seu cão não quer saber se você tem um carrão, uma casa grande, um grande espaço. Dê apenas um graveto e ele ficará satisfeito e feliz. Ele também não quer saber se você é rico ou pobre, entregue seu coração à ele e também ele dará todo seu coração.”

Nossa, quando eu vi isso, voltei-me a um pensamento simples que sempre vem a minha mente.

Jesus é assim! Não um cachorro e não agi como tal também!(rs)

Mas ele não se importa com o que você é ou em que você pode se tornar profissionalmente, se não implicar no alvo e planos de Deus. Mas ele também não liga se você tem grana ou não. Ele ficará satisfeito com apenas seu coração! Claro que se você ler o livro preto verá que lá diz pra você entregar toda sua vida a Ele e concordo! Mas seu coração é a porta onde ele quer entrar e ceiar contigo, ou seja, participar de onde vem suas vontades, sentimentos e impulso pra viver a vida que ele mesmo te deu, para guiar com prudência. Fera né?!

Ele dá tudo pra você e não interfere de forma autoritária absoluta, Ele quer ser só seu guia, seu motivo de andar, seu companheiro.

Impressionante o que este exemplo, de um Deus Alpiqueiro que veio a terra, pode nos mostrar. É algo tão simples que, se você for parar pra pensar, às vezes não há muito sentido, mas viver como ele nos ensina dará todo o sentido. Então busque de coração a verdade e, de coração, Ele dará não só a verdade mas também a vida eterna pra você!

Onde posso encontrar...

João 10:14-18

Em apocalipse capítulo 3:20 diz:

"Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo."



Meu último dia - Anime

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Uma bela produção no estilo anime do sacrifício e salvação de Jesus visto pelo ladrão que foi salvo.

Páscoa

sexta-feira, 22 de abril de 2011


(por Mônica Mesquita)

A páscoa é mais que feriado,
É mais que chocolate,
Mais que ovos e coelhos,
Mais que não comer carne.
É tempo de celebração,
Pois Deus que se fez homem
Habitou entre nós cheio de graça e de verdade
E sua glória foi vista como a do unigênito do Pai.
E Ele não apenas habitou:
Ensinou, curou, consolou, transformou, renovou, amou


É certo que morreu, no madeiro se entregou,
Mas o clímax de sua vinda foi o momento em que venceu:
Venceu os grilhões da morte e para a vida retornou.
Esse ato inadjetivável trouxe uma linda verdade:
O Deus criador torna-se agora expiador, torna-se o grande redentor.
Desde a queda, a ruptura, seu coração ardia
Aguardando o momento de contemplar a redenção
Oferecendo a possibilidade de um novo começo,
De uma nova perspectiva, de um outro devenir.
A páscoa, então, não é momento de choro, de reclusão,
Nem de rígida liturgia ou espúria consagração.
É tempo de repensar o existir da cristandade,
É tempo de rever onde está seu coração.

Rapidinhas | 0031

quarta-feira, 20 de abril de 2011

"O inferno é a escolha voluntária de uma identidade apartada de Deus para uma trajetória rumo à infinidade" (Timothy Keller)

Romanos 1:24
Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;  [...]

Rapidinhas | 0030

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Missionário é todo aquele que recebeu o briefing da missão.

E esse livro preto na sua mão?

Então soldado, já sabe o que tem que fazer.

\o>

Rotulando a Eclésia

segunda-feira, 11 de abril de 2011

(Autor: Rodrigo Maia)



Tem um mercadinho aqui com vários produtos de rótulos bem diferentes, alguns semelhantes e outros até ousados.
Quando descobri da existência desses rótulos, comecei a gastar menos tempo para conhecer o produto, antes ficava pensando muito para saber o que realmente era.
O Problema agora, é que quando surgir um produto eu irei olhar o rótulo e pronto, já descobri o produto sem precisar gastar muito tempo para conhecê-lo, agora posso julgá-lo.

Na maioria das vezes o rótulo define o produto de verdade, mas isso depende um pouco de onde você vem, ou seja, depende de como é o seu repertório, pois poderá influenciar um pouco. [Tá certo. Pode influenciar bastante..rs] Rótulos servem para organizarmos melhor, ou de preferência, para separarmos um produto do outro.

Chega um momento que fica automático, nem reparamos mais neles.
É importante destacar que existem designers que são especialistas em entender tudo o que está por trás do insight de cada rótulo e embalagem. Note que esses são bem diferentes de conteúdo, que neste caso poderá passar bem longe do que a carcaça que o envolve propõe.

Conteúdo é outra coisa.

Tem tantos produtos rotulados no mercadinho. Sabe que alguns tem essa noção? Mas tem outros que nem sabem que possuem um rótulo.

Posso tentar te ajudar a se encaixar em um?

Bom, lá no mercadinho tem: *Salgadinhos da marca Reformada, salgadinhos Calvinus e seu concorrente Arminius;
Refrigerante da Tradicional, Conservador, Pentecostal (que tem até uma versão UP que se chama Neopentecostal);
Tem várias caixinhas de leite da marca Liberal, Prosperidade, aquele chocolate Aberto do Teísmo, tem também o leite Relacional ou Emergente;
Fora os pães também né? Tipo aquele pão Missão Integral, JOCUM e outros mais com siglas também.
Claro que tem submarcas dessas citadas e várias cópias, porque Pode Ser melhor né? :B

Tem várias, essas são as que lembro de cor.
E aí, já sabe em qual você se encaixa?

Um jeito de começar é julgando o que esses rótulos representam para você.
Ah! E não esqueça que este é o contexto daqui de Alpilândia, talvez no planeta Terra num país chamado Brasil seja diferente, afinal cada lugar tem uma realidade, não?

Pode ser que você dê preferência a somente um produto, mas lembre-se que todos juntos são melhores para o corpo, cada um tem um papel diferente no seu organismo, embora esses produtos possam ter defeitos. Não dá pra viver só de Pepsi né? ( Não, não fui pago por eles.. ¬¬)

É isso que um rótulo faz. :)

Bom, alguns devem pensar: "Ainda bem que existem rótulos, pois assim fica mais organizado. Imagina tudo em potes iguais?"
Ou talvez pense: "Credo! Complicou muito mais. Estava tão simples."

Olha que interessante. São dois pensamentos diferentes, porém tem rótulos para os dois também no mercadinho aqui. O problema é que se os rotularmos, acabaremos julgando um pouco mais do que eles realmente são ou não são.


Pronto? Já sabe como os rotularia? Cuidado com o rótulo que for colocar, pois é de você que estamos falando. [De mim também..rs]

Talvez o Salgadinho Reformado poderá ser desagradável no Mundo Cinzento, mas pode ser que o mesmo está dando certo de outra maneira em Águas do Viana. Qual é melhor? Eu sei de Águas do Viana, do Mundo Cinzento eu não tenho certeza, só ouço coisas e leio coisas de terceiros.
Espero que o motivo de sermos o rótulo que somos não seja unicamente para julgar os demais rótulos se comparando como aquele fariseu fazia em sua oração.
No livro de Lucas no capítulo 18, do verso 9 em diante está escrito:
E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros: [...] (continue lendo)

E no livro de Tiago, capítulo 2 diz:

vs.4
Nesse caso vocês estão fazendo diferença entre vocês mesmos e estão se baseando em maus motivos para julgar o valor dos outros.

vs.8 e 9
Se vocês obedecerem à lei do Reino, estarão fazendo o que devem, pois nas Escrituras Sagradas está escrito: "Ame os outros como você ama a você mesmo." Mas se vocês tratam as pessoas pela aparência, estão pecando, e a lei os condena como culpados. [...]

vs.13
Quando Deus julgar, não terá misericórdia das pessoas que não tiverem misericórdia dos outros. Mas as pessoas que tiveram misericórdia dos outros não serão condenadas no Dia do Juízo Final.

(Bíblia NTLH)


Só para ilustrar um pouco mais, vejam:




Rotulando a Eclésia
(Autor: Rodrigo Maia)

Segundo meu amigo Wikipédia, Ecclesia é uma palavra latina, que quer dizer "igreja", atualmente. Mas que já significou, originalmente, "curral" ou "abrigo de ovelhas". Trata-se de uma palavra muito difundida no Cristianismo, em que os fiéis são chamados de "ovelhas", que são cuidadas pelos "pastores".

*Os exemplos de contexto mercado, não representam nada além de meros produtos.

Rapidinhas | 0029

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Alguém já leu a biografia do Justin Bieber?

As vezes nós jovens, vivemos como se fossemos velhos, aqueles bem vivido e experiente. Em um contexto religioso, achamos que somos um teólogo velho e sábio.
Assim matamos nossa juventude vivendo como velhos experientes.
"O Senhor me deu uma mensagem e um cavalo, mas matei o cavalo."
(Palavras de Paul Washer no vídeo)

Se vc nasceu no fim dos anos 80 ou no começo dos anos 90, é normal ter vontade de logo querer ser gente grande, pois somos crianças ainda, que criança não quer crescer logo? Esquecemos o quanto é bom ser criança.

Espero não me arrepender de minha juventude.
Vamos viver intensamente para Cristo.

Carpe diem per Iesum Christum!



A necessidade de "sair da Igreja"

segunda-feira, 4 de abril de 2011


Certa vez, um colega alpiqueiro disse a seguinte frase: "os cristãos precisam sair da igreja". Eu não concordo com ela, mas entendo as razões dele ter dito isso.

Hoje, em uma das minhas empolgantes viagens de ida e volta no trajeto casa-faculdade-casa, ouvi a conversa de dois amigos no ônibus.

Um deles disse estar triste por não ter havido ensaio do coral da igreja dele. Ainda segundo esse amigo, houve um evento evangelístico que impossibilitou o ensaio. "O evento foi legal, muita gente se converteu e tal, mas a gente precisa ensaiar, pois a data da apresentação já está chegando!", exclamou o rapaz. Depois, começou a reclamar que tava quase sem voz e que precisava melhorar suas técnicas vocais e blá blá blá...

Sabe, é por isso que as pessoas precisam "sair da igreja". Se ficar na igreja significa arrumar compromissos que te impossibilitem de fazer o que mais importa na vida cristã, isto é, levar alguém ao conhecimento de Cristo, então, amigo, saia da igreja!

A igreja não pode virar empecilho para que as pessoas conheçam a Jesus, se convertam. A igreja deve servir pra te ajudar a fazer isso. A igreja existe para proclamar a gloriosa graça de Deus.

Que a igreja possa cumprir esse propósito. E que o que não for igreja, saia da igreja. Porque foi gente da "igreja" que matou Jesus. Foram os religiosos que gritaram: "Crucifica-o! Crucifica-o!"