Rotulando a Eclésia

segunda-feira, 11 de abril de 2011

(Autor: Rodrigo Maia)



Tem um mercadinho aqui com vários produtos de rótulos bem diferentes, alguns semelhantes e outros até ousados.
Quando descobri da existência desses rótulos, comecei a gastar menos tempo para conhecer o produto, antes ficava pensando muito para saber o que realmente era.
O Problema agora, é que quando surgir um produto eu irei olhar o rótulo e pronto, já descobri o produto sem precisar gastar muito tempo para conhecê-lo, agora posso julgá-lo.

Na maioria das vezes o rótulo define o produto de verdade, mas isso depende um pouco de onde você vem, ou seja, depende de como é o seu repertório, pois poderá influenciar um pouco. [Tá certo. Pode influenciar bastante..rs] Rótulos servem para organizarmos melhor, ou de preferência, para separarmos um produto do outro.

Chega um momento que fica automático, nem reparamos mais neles.
É importante destacar que existem designers que são especialistas em entender tudo o que está por trás do insight de cada rótulo e embalagem. Note que esses são bem diferentes de conteúdo, que neste caso poderá passar bem longe do que a carcaça que o envolve propõe.

Conteúdo é outra coisa.

Tem tantos produtos rotulados no mercadinho. Sabe que alguns tem essa noção? Mas tem outros que nem sabem que possuem um rótulo.

Posso tentar te ajudar a se encaixar em um?

Bom, lá no mercadinho tem: *Salgadinhos da marca Reformada, salgadinhos Calvinus e seu concorrente Arminius;
Refrigerante da Tradicional, Conservador, Pentecostal (que tem até uma versão UP que se chama Neopentecostal);
Tem várias caixinhas de leite da marca Liberal, Prosperidade, aquele chocolate Aberto do Teísmo, tem também o leite Relacional ou Emergente;
Fora os pães também né? Tipo aquele pão Missão Integral, JOCUM e outros mais com siglas também.
Claro que tem submarcas dessas citadas e várias cópias, porque Pode Ser melhor né? :B

Tem várias, essas são as que lembro de cor.
E aí, já sabe em qual você se encaixa?

Um jeito de começar é julgando o que esses rótulos representam para você.
Ah! E não esqueça que este é o contexto daqui de Alpilândia, talvez no planeta Terra num país chamado Brasil seja diferente, afinal cada lugar tem uma realidade, não?

Pode ser que você dê preferência a somente um produto, mas lembre-se que todos juntos são melhores para o corpo, cada um tem um papel diferente no seu organismo, embora esses produtos possam ter defeitos. Não dá pra viver só de Pepsi né? ( Não, não fui pago por eles.. ¬¬)

É isso que um rótulo faz. :)

Bom, alguns devem pensar: "Ainda bem que existem rótulos, pois assim fica mais organizado. Imagina tudo em potes iguais?"
Ou talvez pense: "Credo! Complicou muito mais. Estava tão simples."

Olha que interessante. São dois pensamentos diferentes, porém tem rótulos para os dois também no mercadinho aqui. O problema é que se os rotularmos, acabaremos julgando um pouco mais do que eles realmente são ou não são.


Pronto? Já sabe como os rotularia? Cuidado com o rótulo que for colocar, pois é de você que estamos falando. [De mim também..rs]

Talvez o Salgadinho Reformado poderá ser desagradável no Mundo Cinzento, mas pode ser que o mesmo está dando certo de outra maneira em Águas do Viana. Qual é melhor? Eu sei de Águas do Viana, do Mundo Cinzento eu não tenho certeza, só ouço coisas e leio coisas de terceiros.
Espero que o motivo de sermos o rótulo que somos não seja unicamente para julgar os demais rótulos se comparando como aquele fariseu fazia em sua oração.
No livro de Lucas no capítulo 18, do verso 9 em diante está escrito:
E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros: [...] (continue lendo)

E no livro de Tiago, capítulo 2 diz:

vs.4
Nesse caso vocês estão fazendo diferença entre vocês mesmos e estão se baseando em maus motivos para julgar o valor dos outros.

vs.8 e 9
Se vocês obedecerem à lei do Reino, estarão fazendo o que devem, pois nas Escrituras Sagradas está escrito: "Ame os outros como você ama a você mesmo." Mas se vocês tratam as pessoas pela aparência, estão pecando, e a lei os condena como culpados. [...]

vs.13
Quando Deus julgar, não terá misericórdia das pessoas que não tiverem misericórdia dos outros. Mas as pessoas que tiveram misericórdia dos outros não serão condenadas no Dia do Juízo Final.

(Bíblia NTLH)


Só para ilustrar um pouco mais, vejam:




Rotulando a Eclésia
(Autor: Rodrigo Maia)

Segundo meu amigo Wikipédia, Ecclesia é uma palavra latina, que quer dizer "igreja", atualmente. Mas que já significou, originalmente, "curral" ou "abrigo de ovelhas". Trata-se de uma palavra muito difundida no Cristianismo, em que os fiéis são chamados de "ovelhas", que são cuidadas pelos "pastores".

*Os exemplos de contexto mercado, não representam nada além de meros produtos.

0 comentários:

Postar um comentário

Críticas, dúvidas e sugestões aqui