Acredito em Deus! E agora?

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014






Acredito em Deus! E agora?



Qual religião é a mais lógica escolher?



“Passei acreditar em Deus, sinto vontade de pertencer a uma religião.”
Se isso passou em sua cabeça dessa ou de forma semelhante, este post pode ser útil. Analisei as religiões mais comuns no Brasil, o espiritismo, o catolicismo e o protestantismo.
Vamos logo ao assunto.

Bom, de forma bem simplista, no espiritismo tenho outras chances para me corrigir, se errei agora, na próxima vida tento corrigir.
Porém, se o Cristianismo for verdadeiro, eu tô lascado, pois ele alega que tenho só essa vida.
O espiritismo me diz para fazer boas obras para me purificar, salvar e etc. Porém o cristianismo diz que boas obras não salvam ninguém e não é suficiente para se purificar e muito menos se salvar, pois já estamos condenados pelo pecado. Mas o cristianismo dá uma saída para aqueles que estão cansados e sobrecarregados, pois Jesus Cristo veio e sofreu toda nossa punição em nosso lugar. Ele não merecia, nós sim. Agora pela crença que ele perdoou nossos pecados e pelo nosso arrependimento dos pecados somos salvos por meio da fé. As boas obras serão praticada por nós pq fomos aceitos por Deus.
Se o espiritismo estiver certo e eu seguir o cristianismo fazendo boas obras sabendo que não me garante a salvação e viver como se fosse a última vida, então estou no lucro se o espiritismo estiver certo.
Mas se o cristianismo estiver certo eu estou lascado no espiritismo, pq não adianta fazer boas obras e reencarnação não é possível segundo a Bíblia cristã. Consultar espíritos e/ou mortos, vish… não é permitido. Se não reconheço Cristo como meu senhor e único suficiente salvador, sem um relacionamento com ele, estou perdido mesmo assim.
Agora vou dividir o Cristianismo em 2, os protestantes e os católicos.
Se Jesus Cristo é o único que nos liga a Deus, se Ele é o único caminho e a verdade, se não é permitido consultar espírito, ou mortos, então nenhum santo pode nos intermediar para Deus, pois aí Jesus deixa de ser o caminho, e passa a ser um dos caminhos que leva a Deus.
Se o catolicismo for verdadeiro, não precisaríamos do esforço de Cristo para nos religar a Deus, pois qualquer um de suposta boa índole pode ser canonizado santo e ouvir minhas preces para levar a Deus.
Se o protestantismo for verdadeiro e eu crer em santos, estarei lascado, pois estarei em pecado.
Do contrário se eu for protestante sem falar com santos, estarei salvo mesmo assim, estarei no lucro caso o catolicismo seja verdadeiro.
Bom, concluo que sendo um cristão protestante vc se garante em qualquer religião, caso elas estejam certas. Pq no cristianismo vc tem vontade de praticar boas obras naturalmente, vive a vida com muito cuidado, pois vc acredita que tem uma única chance na terra e não irá querer viver de qualquer jeito esperando corrigir na próxima vida.
Mas tem um porém muito importante! O cristianismo protestante é exclusivista, pois Cristo mesmo disse que é o Caminho para Deus e para a vida, ele não é um dos caminhos para Deus ou para a vida (eterna).
Ao dizer o caminho, Ele exclui as outras possibilidades.
No entanto, se vc se tornar cristão protestante, fique tranquilo, pq sem sombra de dúvidas você será salvo de seus pecados e da condenação eterna.
É muito simples, é só reconhecer que vc é falho e pecador, depois confessar Jesus Cristo como seu senhor e salvador, dizer que se arrepende dos pecados cometidos (arrepender de verdade) e pedir para que Ele entre em sua vida e seja o centro do seu coração.
Só isso? Sim só isso. Não precisa subir escadas de joelhos, não precisa fazer promessa, não precisa dar 7 voltas e 3 pulinhos, não precisa por copo de água perto da TV, sal grosso, rosas e etc… não é necessário qualquer rito, pq é inútil o que fazemos. Cristo já fez tudo por nós o que não podemos fazer, nos salvar e religar com Deus.
A partir daí, se o Espírito Santo te tocar, vc verá tudo diferente, as coisas antes ocultas farão muito sentido, muuuuuito mesmo!
É isso, fim!
Um abraço do Bino!