Coração

quarta-feira, 8 de junho de 2011


Você deve conhecer a história de Davi, chamado o “homem segundo o coração de Deus” (Atos 13:22).

Muitos o conhecem por ter sido o menininho que matou o gigante com uma pedrada certeira na cabeça, ou como um dos reis de Israel ou ainda por ter escrito alguns salmos que estão na Bíblia.

Outros se lembram dele como um grande traidor, mentiroso, adúltero e assassino. Principalmente por ele ter pulado a cerca com Bate-Seba e ter sido mui amigo do marido dela, Urias, o hitita, mandando-o pra frente do exército tomar flechada.

Por essas coisas fica difícil entender como um cara assim, capaz de cometer tantas mancadas, é considerado um homem segundo o coração de Deus.

Foi nessa ocasião em que Davi escreveu o Salmo 51.

Ele reconheceu tudo o que fez. Arrependeu-se.

Eu acho que essa música do James Blunt é meio que uma versão do Salmo 51.

Same Mistake - “Pois eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me persegue.” v.3

Davi não apenas pediu por uma segunda chance, mas gritou com toda sua voz e do fundo da sua alma. - “Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu Santo Espírito.” v.11

E, mais importante, Davi sabia que os sacrifícios que agradavam a Deus não eram holocaustos e sim um coração quebrantado e contrito. v.16 e 17

São pessoas com um coração assim que agradam a Deus.

Inspiração: Salmo 51

Foto: @luquinhaz